(49) 3222-3428
(49) 3222-5036

PERGUNTAS FREQUENTES

COMO FAÇO PARA AUTENTICAR UM DOCUMENTO?
As cópias de documentos para serem autenticadas podem ser feitas pelo próprio usuário ou pelo cartório. No caso das cópias extraídas pelo próprio usuário, deverá ser apresentado o documento original copiado para a necessária conferência, e a cópia deverá ter o carimbo de onde a cópia foi extraída. Não poderão ser autenticadas cópias de outras cópias, ainda que estas estejam autenticadas.
O QUE É NECESSÁRIO PARA RECONHECER FIRMA?
Existe duas formas de reconhecimento de firma, por semelhança e por autenticidade.

No reconhecimento de firma por semelhança, qualquer pessoa poderá comparecer ao Cartório em que as pessoas possuem ficha padrão aberta, levando o documento devidamente assinado. Já no reconhecimento por autenticidade, a própria pessoa deverá comparecer ao Cartório com o documento que será assinado na presença do funcionário do Cartório, para reconhecer firma e com o RG original, pois, terá que assinar um termo de comparecimento no Cartório.
COMO PROCEDER PARA PROMOVER A EMANCIPAÇÃO DE FILHO QUE RECÉM COMPLETOU 18 ANOS?
Para emancipação de seu filho basta encaminhar a escritura de emancipação trazendo os seguintes documentos: Certidão de Nascimento do emancipando (original ou cópia autenticada), Carteira de Identidade e CPF do emancipando e dos pais e Certidão de Casamento do Pais (original ou cópia autenticada). Caso vocês não tenham cartão de assinaturas neste Tabelionato deverão apresentar algum outro documento como: Título Eleitoral, Carteira de Motorista, Carteira de Trabalho, etc A escritura poderá ser feita na hora, bastando para isso a apresentação dos documentos acima e o comparecimento dos pais e do emancipando, eis que devem assinar o ato no mesmo momento. Também poderá ser encaminhada mediante a documentação referida com a data da assinatura para outro dia e hora previamente marcados, de acordo com a sua conveniência.
O QUE É EMANCIPAÇÃO?
A emancipação é a aquisição da plena capacidade civil pela antecipação da idade legal habilitando a pratica de todos os atos da vida civil, cessando a menoridade aos 18 anos completos. Ela é feita por meio de instrumento público lavrado por Tabelião de Notas.